Segundas Intenções
com Moysés Fuks

O BOM HUMOR JUDAICO COM TEMPERO CARIOCA

Como conheci em 15 dias apenas, o estilo, a elegância e a determinação do judeu carioca Moysés Fuks e do agradabilíssimo Samuca... Assistente de assuntos técnicos aleatório?

A apresentação oficial
2as INTENÇÕES

“Em 23 de julho de 2022, contaremos 70 anos do golpe de estado de um movimento de jovens oficiais do exército egípcio denominado Movimento dos Oficiais Livres, que provocou gradualmente a expulsão dos judeus residentes no país. Desde então, no Brasil e no mundo afora, muitos judeus expulsos não se reconheceram egípcios, mas sim Judeus do Egito. Durante a revolução de 1952, os oficiais livres criaram um Conselho de Comando Militar com o objetivo de abolir a monarquia, o que de fato aconteceu em 18 de junho de 1953: a monarquia foi abolida e o futuro dos estrangeiros e judeus residentes no Egito estava seriamente comprometido”. A Expulsão e o Exílio, a Epopéia da Imigração, os Ritos e Linguagem dos Judeus Egípcios, seus Costumes e Tradições, a Bela Vida no Egito e a Chegada ao Brasil serão relembradas e detalhadas por SAMI DOUEK, criador e colaborador do grupo judeusdoegito.org, com visibilidade no Brasil e no exterior.


Um preâmbulo de última hora:

O que vejo de mais pertinente na aprersentação à convite do Fuks e o cenário atual?

A contínua assimilação de todos os judeus do mundo e o que significa na mina leitura hoje em 50 anos de Brasil e (quase) nomadismo contemporâneo?


A ASSIMILIAÇÃO EM 60 ANOS

Ser Judeu no Egito, terra natal em 1948, e ser "natural" do Egito.

Ser Judeu na Europa (1962 - 2022)

ser Judeu no Brasil (1962 - 2022)

A perpetuação do antissemitismo e a determinação sionista para o judeu “nação”

War is over?


EXPOSIÇÃO NA HEBRAICA SP

A Epopeia da Imigração,

A amarga vida no Egito
A Bela Vida no Egito

A Expulsão e o Exílio,

A Chegada ao Brasil

Os Ritos e Linguagem dos Judeus Egípcios,

Os Costumes e Tradições,

Fotografias 1
Fotografias 2
Fotografias 3


FILMES

Na exposição, e através de colaborações externas ao grupo, um destaque especial para o filme exibido em 23/06 no Auditório Anne Frank, Hebraica SP.

Título: EGYPT, MON AMOUR
Produção de: UNION DES JUIFS D'ÉGYPTE EN ISRAËL
Com suporte do Ministério da Cultura e Esportes de Israel e e Chaos Films
Conselho artístico e histórico:
Levana Zamir


FILME COMEMORATIVO DA EXPOSIÇÃO NA HEBRAICA

SEGUNDAS INTENÇÕES O A SAGA DOS JUDEUS DO EGITO EM SEIS BLOCOS

I Histórico

  1. O Egito sob o Império Otomano (atalho)

  2. Origens da antiga civilização Egípcia, o politeísmo e o monoteísmo

  3. Os faraós se convertem ao cristianismos durante Roma


II O Egito cosmopolita

  1. O Egito após a colonização francesa, Napoleão Bonaparte e Ferdinand De Lesseps

  2. Rua Champolion do Cairo

  3. Palácio El Sakakini


III Tempos modernos

  1. A monarquia Fouad e Farouk
    Sionismo no Egito na década de 1930

  2. Cairo uma grande metrópole e o enorme sucesso da comunidade judaica, no comércio e no varejo com lojas de grandes departamentos

  3. E levante dos Nacionalistas e o Incêndio do cairo


IV Século vinte

  1. O Egito Burguês dos colonizadores e as atividades culturais da comunidade judaica no século vinte
    Crise durante a criação do Estado de Israel em 1948

  1. A comunidade Judaica e o governo nacionalista de 1952

  2. A guerra de Suez em 1956 e a expulsão em massa dos judeus indesejáveis


V Saída sem volta

  1. A humilhante derrota do governo Nasser na Guerra dos Seis Dias em 1967

  2. Os ditos ”Prisioneiros de Guerra”, cidadãos judeus egípcios humilhados e presos em 1967

  3. Os últimos judeus deixam as prisões para o porto de Alexandria em 1970


VI O Egito contemporâneo

  1. O Egito contemporâneo do governo Al Sisi